sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Meu primeiro review: Nike Zoom Fly :)

Este será o meu primeiro review sobre tênis de corrida 😊

Sempre busquei informações de outras pessoas sobre algum modelo que estava interessada, e agora chegou a vez de dizer a minha opinião que pode ser bastante útil a quem pretende adquirir o modelo do qual vou falar.

O modelo será o Nike Zoom Fly, um calçado inspirado no Vapor Fly do projeto Breaking 2 que teve uma repercussão enorme na mídia, deixando os corredores alvoroçados. Eu fiquei, e você?




Recebi o Zoom Fly para testar no mês de agosto, e fiz questão de utilizar por alguns meses justamente para ter um relato consistente, pois nada adianta utilizar por alguns dias, e dizer que tem uma opinião formada. Eu defendo a utilização por algumas semanas justamente para perceber aspectos que dependem de um tempo maior de uso.

Antes de falar sobre a minha experiência, gostaria de relatar algumas características importantes sobre a constituição deste modelo:

Cabedal: 
Em Flymesh com forração
Cadarço Flywire
Possui 6 furos mais o furo extra
Possui contra-forte de espuma
Símbolo Nike emborrachado

Sola: 
Lunarloon
Placa interna de nylon e carbono
Não flexível


Utilização:
Até a data de hoje utilizei o tênis por 18 semanas em dois dos seis treinos semanais, ou seja, utilizei aproximadamente 36 vezes.
Testei em treinos de rodagem (asfalto, cascalho e pista) e também em treinos de velocidade (asfalto e pista).
Utilizei em asfalto e pista molhada também.
Fiz uma prova de 5k, no asfalto, piso seco.
Utilizei-o com meia e sem meia nos treinos, tanto no asfalto, quanto na pista.








Minha percepção sobre os aspectos:

Peso:
Leve e excelente para treinos e competições também.

Drop:
No início estranhei o drop e também a altura do solado, mas depois de alguns treinos me adaptei. A maciez da sola aliada a dureza da placa interna faz o mesmo adaptar aos diversos pisos, inclusive na pista de borracha.

Conforto:
Confortável tanto com meia, quanto sem meia. O revestimento interno é de um tecido bem macio.

Sola, sensação da placa:
No caminhar e no correr é possível sentir a impulsão da placa. Algumas pessoas não sentiram, mas isso pode estar relacionado com o peso corporal.
Talvez o Vapor Fly 4% que tem a placa totalmente de carbono (fato que deixa o tênis caro, assim como os tênis de basquete que utilizam de tecnologia similar), promove uma maior impulsão devido a força do material, quando comparado com o Zoom Fly.

Fôrma:
Fôrma menor e mais estreita. É recomendável olhar na tabela e comparar o tamanho em centímetros dos calçados que já utiliza, e assim ver o tamanho que  for igual quando for comprar.

Tipos de treinos:
É apropriado para todos os tipos de treinos, desde rodagens, longos e treinos de velocidade. Inclusive competições. Adapta-se ao terreno (asfalto e pista), inclusive molhados, sem escorregar.

Durabilidade:
Apesar de utilizar apenas há 18 semanas, a sola se mantém sem nenhum tipo de gasto, inclusive todos os desenhos do solado estão iguais de quando era novo. Apenas mais sujinho, é claro J







Resumo da minha opinião:
A meu ver este calçado provoca uma sensação diferente de todos os tênis que já utilizei (e olha que foram muitos J). Ele tem um preço muito mais acessível do que o Vapor Fly 4%, que foge da realidade de muitos corredores, que não tem condições de dispor de mais de mil reais em um único calçado.

O único ponto que me incomodou foi a altura do solado, principalmente porque utilizo sempre tênis de perfil mais baixo. Mas depois de algumas sessões me acostumei com a altura e até curti aumentar a minha estatura em alguns milímetros J

Eu recomendo a compra para quem já tem interesse. Principalmente porque o tênis tem um arranjo grande de possibilidades de utilizar, independente do local ou distância que o corredor faz.

Confesso que tenho muita vontade de  correr com o Vapor Fly, justamente para poder comparar os dois e verificar as diferenças nos aspectos que avaliei 😉

Espero que tenha gostado deste meu primeiro review. Em breve farei outros dos modelos de tênis que utilizo.

Obrigada por sua visita e bons treinos!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A última prova do ano: Corrida Olga Kos


Último mês do ano com a última prova do ano.

Finalizamos 2017 na Corrida Inclusão a toda prova do Instituto Olga Kos, que desenvolve projetos artísticos e esportivos, aprovados em leis de incentivo fiscal, para atender, prioritariamente, crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual, e também pessoas sem deficiência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e residem em regiões próximas aos locais onde as oficinas são realizadas. Uma corrida que defende uma boa causa e direciona as doações para este instituto.

O evento contou com duas distâncias (4km - corrida e opção de caminhada), e 10km (corrida). O percurso nas avenidas que ficam próximas ao Parque Ibirapuera ( República do Líbano e Rubem Berta), ofereceu um desafio aos participantes devido a altimetria variada.

A meta nesta prova era realizar um split negativo, ou seja, realizar uma determinada quilometragem mais devagar no início e finalizar mais rápido do que iniciou. O Marcelo e eu decidimos correr juntos do começo ao fim, e definimos um ritmo que estivesse apropriado para nós. E assim determinamos um pace médio nos primeiros 5km (4:40), e um ritmo mais rápido na segunda metade que coincidiu com a parte mais difícil do percurso 😓(4:25 média).

No início foi necessário segurar mesmo o "freio"😁, pois normalmente a maior parcela dos participantes, iniciam a prova em um ritmo mais rápido e ao longo do percurso perdem a velocidade. E nesta prova percebi isso nitidamente, principalmente porque fico prestando atenção nas mulheres que ultrapasso 🙈.

Até o terceiro quilômetro eu estava na oitava ou nona colocação, e assim quando atingi a metade da prova, já estava em segunda 👏. E como a segunda metade era mais rápida, pude abrir uma pequena vantagem e me manter 💪

E assim além de atingir o objetivo de realizar o tão difícil, mas possível, split negativo, consegui a segunda colocação, finalizando o ano de provas muito contente com todo aprendizado 💃.





Falando em dados precisos da prova, os primeiros 5km foram em 23:20(4:40) e a segunda parte em 21:47(4:21). Tempo final líquido: 45:07.

Quero agradecer ao Marcelo por ter me ajudado neste controle principalmente no início da prova, e por compartilhar destes objetivos comigo.😍

Parabéns também a aluna Claudia da assessoria, que enfrentou este percurso difícil!👏👏👏



Agora iniciaremos o planejamento para o ano de 2018, no qual continuaremos com foco nas distâncias mais curtas (5 inicialmente e 10km posteriormente) e faremos menos provas durante o ano (meta de uma prova a cada 12-14 semanas).
Estamos adorando as provas rápidas!💀

Parabéns a todos participantes! E muito obrigada por sua visita! Até a próxima!👊

Bons treinos!


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Athenas Run Longer - a vez dos 10k

Durante o ano de 2017, o foco principal dos treinos foram para provas de 5km. Porém a nossa curiosidade também era verificar o que ó treinamento para os 5km provocaria aos 10.

Desta forma a última prova alvo de 2017 foi os 10km. Escolhemos o Circuito Athenas (5/11), pois além de ser uma prova organizada e aferida, oferece um percurso plano e propício para manter um ritmo uniforme.

De acordo com os resultados obtidos no ano nos 5k, a previsão para os 10 já estava em nosso planejamento, e cada um (eu e o Marcelo) tinha um ritmo a cumprir para atingir o objetivo pessoal.

O dia da prova amanheceu nublado e com uma temperatura bastante agradável.😀

Largamos juntos, mas a partir do primeiro quilômetro o Marcelo já ficou mais a frente devido ao ritmo alvo dele ser praticamente 20 segundos mais rápido do que o meu.

O percurso plano, com apenas uma curva fechada do retorno (5k), propiciou um ritmo médio sem grandes oscilações e um maior controle da prova.

E assim nós dois concluímos dentro do objetivo pessoal. O Marcelo, além de concluir a prova muito bem, bateu o seu recorde 💪. Ou seja, o treinamento durante o ano para os 5km, além de fornecer a sua melhor marca pessoal nos 5, também refletiu de forma positiva para os 10k, onde também conseguiu o seu RP!




Parabéns a todos e parabéns Marcelo! Seu ano de 2017 foi excelente.

Parabéns aos DB's que arrasaram nos 10k e também nos 21km da mesma prova!

Agora no próximo dia 3 de dezembro faremos nossa última prova de 2017, será também nos 10k da Olga Kos, que tem o percurso na República do Líbano e Rubem Berta, próximo ao Parque do Ibirapuera. Mas esta prova terá um objetivo diferente: de correr juntos o percurso todo. Assim como abrimos este ano correndo uma prova inteira juntos (leia aqui 😍), iremos finalizar do mesmo jeito.

E você, como foi o seu ano de 2017 e seus objetivos?

Obrigada por sua visita e leitura! E até a próxima!






quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Segunda corrida de 5k em outubro: Track Field Eldorado



Dia 15 de outubro, por coincidência, dia do Professor 😊, ocorreu a nossa última prova alvo de 5k de 2017.

O Marcelo e eu participamos dos 5k da Track Field Eldorado. Uma etapa deste circuito que não havíamos participado ainda. 

A largada, mais cedo do que de costume em comparação as outras etapas, ocorreu as 6:30. Porém este cedo parecia mais cedo 😆 pelo fato do início do horário de verão. Mas confesso que prefiro assim, bem no amanhecer, pois se assemelha ao horário de treino diário (que na verdade é antes que isso 😁).

Aquecimento pré prova com os alunos da assessoria


Nós dois estávamos na busca do melhor tempo do ano nesta prova. O Marcelo era certeza que conseguiria. Eu já estava um pouco em dúvida do que havia restado da corrida M5k que foi um domingo antes (leia aqui), ou seja, apenas uma semana de intervalo entre provas, e todos nós sabemos que isso não é o ideal. 
E como lá eu já havia conseguido o meu 5k abaixo de 21 minutos (20:58), nesta da TF queria que fosse similar. Porém, se não acontecesse, estaria de fato relacionado a sequência das duas provas, e mesmo assim ficaria satisfeita.

Largada dada, por alguns metros consegui ficar na frente do Marcelo rsrs. Fico extremamente feliz em vê-lo correndo tão bem. Ele evoluiu bastante na distância. Os treinos estão focados nos 5k desde o início do ano, e o Marcelo respondeu muito bem, conseguiu atingir a meta de sub 20' em três provas, porém essa foi o melhor resultado de todos: 19:22!!!

Eu também consegui a minha meta de sub 21', consegui cravar 20:55 e também uma suada terceira colocação no pódio feminino.



Além de nossos resultados pessoais, os alunos da assessoria que também participaram foram muito bem, e assim podemos comemorar as conquistas juntos.



Ainda temos mais duas provas este ano, em novembro e dezembro, porém apenas a de novembro será #facanacaveira 😁💀. Faremos um teste nos 10k da Athenas para verificar o que o treinamento para o 5k refletirá para esta distância.

Clique para ler o relato do Marcelo sobre a prova:

Parabéns a todos participantes e aos organizadores pelo belo evento!

Até a próxima! Bons treinos!


quarta-feira, 11 de outubro de 2017

M5K: a maior corrida feminina da América Latina

Domingo, dia 8 de outubro, participei pela terceira vez na corrida para mulheres M5k em São paulo.

O percurso atualmente na região do Parque Ibirapuera ficou repleto de mulheres por toda extensão.

Cerca de 8.700 mulheres completaram a prova em São Paulo, e de acordo com a organização, aproximadamente 30.000 mulheres participaram distribuídas nas outras provas em Brasília, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte.

Como a prova é bem lotada cheguei bem cedo na arena, com a companhia do Marcelo, que logo se despediu e foi realizar o seu treino dentro do Parque Ibirapuera. Consegui aquecer por aproximadamente 15 minutos, porém as 6:30 já tive que me posicionar no local de largada para conseguir sair mais a frente. Continuei realizando um aquecimento realizando elevação de joelho, saltitando, para largar bem com as pernas mais "soltas". Pois em provas curtas isso é muito importante para não correr nenhum tipo de risco de se machucar.

Largada pontualmente dada as 7h. Iniciei em um ritmo mais rápido do que meu ritmo médio em provas de 5k, para conseguir me posicionar perto das primeiras colocadas. Continuei segui-las até onde minhas pernas e meu fôlego suportaram, que foi aproximadamente até o 3º km. A partir daí imprimi o meu ritmo para tentar sustentar a colocação que estava (5ª colocada).





Porém nos últimos 200 metros fui surpreendida por um sprint final de outra competidora que me passou, e desta forma concluí na sexta colocação. com o tempo de 20:58 ( meu #sub21 saiu!!!) 😃🙌

Cruzei a linha de chegada fora do pódio, porém com uma sensação de dever cumprido! Fiquei extremamente feliz com esta minha melhor marca da temporada.



Parabéns a todas participantes! Agora é recuperar, continuar os treinos porque domingo novamente tem competição.

Obrigada por sua visita!

Até a próxima!

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Global Energy: mais uma de 5k!


Dia 24 de setembro ocorreu a terceira edição da Global Energy Race, uma prova anual que ocorre simultaneamente em 21 países por todo o mundo. No Brasil a prova aconteceu em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, e teve distâncias de 5km ou 10km para os corredores; e 3km para caminhantes.

Após a participação na corrida na Alemanha, o Marcelo e eu tivemos um mês para treinar para esta competição de 5k.

Realizamos sessões de intervalados intensivos e extensivos, além dos treinos de ritmo e rodagens como complemento do volume. Foi um mês intenso de treinos, porém suficiente para que nós dois evoluíssemos um pouco mais, sempre respeitando a resposta e recuperação de nosso corpo.

A largada foi dada pontualmente as 7h para os 5 e 10km. Largamos lado a lado, e depois cada um realizou o seu ritmo pessoal.

O percurso da prova foi ótimo, praticamente plano e propício para boas marcas. Além disso, o dia amanheceu mais frio, deixando o clima agradável para competir.



Além de nós, alguns alunos da assessoria também participaram, e desta forma, tornou a prova mais emocionante ainda!



O Marcelo finalizou a corrida com o seu segundo melhor tempo na distância (19:47), na 21ª colocação geral no masculino, e eu finalizei no tempo alvo (21:16), na 4 ª colocação geral feminina.




Ficamos muito contentes com o resultado, que nos motivou ainda mais para as provas. Em outubro eu terei duas competições e o Marcelo mais uma, todas de 5k.



Parabéns a todos DB's por mais uma corrida, e por compartilharem de um momento tão especial como este!





Obrigada por sua visita e até a próxima!






quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Conquista especial e internacional: Karbener Stadtlauf 2017

Há 16 anos participo de corridas de rua.
Vivenciei experiências diversas e momentos únicos, de conquistas pessoais e que possuem um valor sentimental enorme.

E a conquista do último final de semana ocupará um espaço especial em minhas memórias.

Participei dia 13 de agosto da 28 Karbener Stadtlauf. Uma corrida local, na cidade de Karben, próximo a Frankfurt - Alemanha.

Um evento bem típico da região, com largada dentro de um clube, e percurso realizado nas ruas estreitas, bem característica de uma cidade alemã.

O evento ofereceu três opções de distâncias - 5,4km; 10km e meia maratona. O Marcelo e eu participamos dos 5,4km.

Mesmo sendo um evento pequeno, a organização foi excelente, com controle de cronometragem e também de percurso.

O clima estava úmido e com temperatura próxima dos 18 graus.

As largadas das distâncias foram realizadas em horários diferentes. A nossa prova largou às 9:20.


Desde o início da prova mantive a primeira colocação entre as mulheres.

Iniciei em um ritmo mais forte para me posicionar melhor, e depois fui ajustando a velocidade de acordo com a minha capacidade atual e com o próprio percurso.

Finalizei a prova com o tempo oficial 23:26, ritmo médio de 4:20 min/km.
O Marcelo chegou um pouco antes de mim. Finalizou na quinta colocação geral, com 22:06.




Foi uma experiência que jamais pensei que fosse vivenciar. Vencer uma prova fora do nosso país é muito gratificante, por menor e simples que seja o evento. Tenho a percepção que o atleta, seja amador ou profissional, é muito mais valorizado.



Inclusive o evento foi descrito em um site local sobre esporte. No link abaixo está disponível.

http://www.laufreport.de/bericht/0817/karben-stadtlauf.htm



Tradução da legenda da foto:
 "Einen ueberlegenen Erfolg feiert Daniela Barcelos de Souza ueber die 5,4 km."
"Um resultado de destaque de Daniela Barcelos de Souza nos 5,4km."


Estou com a energia renovada e fiquei extremamente feliz com a vitória.



Aproveito para parabenizar o Marcelo pelo excelente resultado e por proporcionar este momento.

Obrigada a todos envolvidos na organização do evento. E parabéns a todos participantes!

Obrigada por sua visita! E até a próxima!





quinta-feira, 20 de julho de 2017

Circuito Athenas: mais uma corrida juntos :)


A corrida faz parte da minha vida há 16 anos.

O bairro onde resido foi (e ainda é 😊) o local que comecei a correr e que tiro muitas lembranças e aprendizados.
Foi onde melhorei meu rendimento e resultados para as competições que participo como corredora amadora.
Em todos estes anos acumulados conheci muita gente, e lembro de cada pessoa. Lembro do quanto muitas me influenciaram, das histórias que ouvi, das situações que presenciei. 
São milhares de histórias de vida espalhadas pelo mundo. Cada um possui uma razão por correr.


Um mercado envolve o cenário da corrida, oferecendo acessórios, tecnologia. Mas não precisamos de tudo isso para correr. Basta termos um objetivo, um profissional para nos orientar e um planejamento a seguir. A partir daí só dependerá de você na continuidade, para que possa visualizar os resultados que almeja.


Por isso que quando vou para uma prova, já tenho a meta traçada. Não acontecem milagres. 
O treinamento diário mostra se será capaz ou não de concluir na meta que coloca.

É claro que os outros corredores a volta no momento da largada fazem a adrenalina subir e até influenciam no ritmo. Mas logo me percebo dentro da realidade e faço o que é para ser feito.

E domingo isso que aconteceu. Concluí os 8 quilômetros do Circuito Athenas da forma que queria, e de presente uma quinta colocação no geral feminino. Fechei a prova sorrindo, como sempre faço, e como sempre irei fazer, independente de que colocação eu chegar.

O mais importante é que tudo foi feito com honestidade e sem prejudicar ninguém no caminho. Pois infelizmente no mundo da corrida podemos presenciar acontecimentos que nos deixam tristes.
Mas, apesar disso, nunca deixe de seguir em frente, pois isso depende de você!

Parabéns especial ao Marcelo, que também fechou a prova muito bem! Como sempre! 👊




Até a próxima!
Bons treinos!😉

quinta-feira, 29 de junho de 2017

A melhor corrida do ano (até este momento)

Dia 25 de junho eu e o Marcelo participamos de nossa prova alvo do final do primeiro semestre.


O evento que optamos foi a etapa Cidade Jardim do Circuito Track Field, e novamente nos 5 quilômetros que é a nossa distância alvo.

Estamos nos divertindo muito neste desafio. Os treinos para esta distância não exigem um volume alto, porém exige mais trabalho de intensidade através dos intervalados.

O Marcelo está se sentindo muito bem com relação a recuperação entre sessões de treino, e diz que pretende se dedicar a esta distância, até os 10 km por bastante tempo.

Eu também estou apreciando muito, e percebo a cada dia que para evoluir é necessário paciência, principalmente em corredores que treinam há muitos anos.

O percurso desta etapa não foi tão plano quanto das anteriores. Um total de 4 subidas na ponte estaiada faziam parte dos 5 km, e também das outras duas distâncias oferecidas no evento: 10 e 15 km.

A largada foi dada pontualmente as 7h para os participantes dos 5 e 10 km. O percurso maior iniciou mais cedo, as 6:30.

Largamos muito bem, e nesta prova, diferente das anteriores, consegui largar mais forte e assim me desvencilhar do tumulto inicial que ocorre em toda prova.

Quando percebi estava logo atrás das 3 primeiras colocadas, bem pertinho delas, na subida inicial. Isso me forneceu uma motivação enorme, pois há tempos não ficava tão perto destas meninas que correm muito.

Continuei forçando bastante e fiz cada quilômetro extremamente fora de minha zona de conforto.
Agora após a prova, refletindo, se não tivesse as diversas subidas, nesta sairia um sub 21 minutos
:)

Perdi posições na primeira descida da prova, pois preciso aprimorar mais a minha técnica neste aspecto, pois sempre reduzo a velocidade nas descidas, mas teria que ocorrer o contrário. É um ponto que preciso treinar mais.


E assim completei a prova em 21:18, na sexta colocação geral. Não fiz parte do pódio, porém foi a minha melhor prova do ano em termos de rendimento e motivação pessoal. Há tempos não me sentia dentro de uma prova. Me concentrei em cada passada, e racionei tudo que fiz.

Parabéns ao Marcelo que mais uma vez completou a prova super bem, com o excelente tempo de 20:38. À Camila e o Samir pela estreia oficial em corridas de rua, e a todos amigos corredores que estavam presentes.

Agora é seguir em frente com os treinos rumo ao próximo desafio, que não será uma prova alvo, mas sim uma controle, pois a distância é de 8 quilômetros, no Circuito Athenas.

Bons treinos a todos! E obrigada por sua visita!😉


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Duas provas separadas por mais de 7.000 quilômetros

Sábado, dia 10, e domingo, dia 11 de junho.

Nossas provas quase juntas porém separadas por milhares de quilômetros.

O Marcelo aproveitou a sua viagem a trabalho, e encontrou uma corrida em Baltimore, no Zoológico Maryland.
Uma prova de 3 milhas com percurso dentro e também fora do parque: Maryland Race for the Family.
Definimos esta prova como controle, em um ritmo aproximado de suas provas de 5k realizadas ultimamente.


E eu na Série Delta, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Prova de 5k, com percurso bastante variado com subidas e descidas, que também entrou como prova controle, pois ganhei a inscrição no Instagram da Global Run.


Diferente das outras corridas, cada um iria partir sem a companhia do outro. Porém com o mesmo objetivo de fazer o melhor.

O Marcelo foi muito bem em sua prova, concluiu as 3 milhas (aproximadamente 4,8k) em 19:24, na terceira colocação geral da prova. Fiquei extremamente feliz por ele!
Parabéns Marcelo! Foi demais!


Na minha prova fiquei na quinta colocação do geral feminino, com o tempo de 22:18. Meu irmão me fez companhia neste dia, que estava extremamente frio, em torno de 10º. Obrigada Ale pelo apoio.



Cada corrida nos deixa algum tipo de ensinamento, e esta me mostrou que é possível buscar um bom resultado mesmo quando parece que não vai dar certo.
Apesar de eu ter ficado fora do pódio geral, que era até o terceiro, não desisti de buscar um bom resultado em nenhum momento da prova. 
São apenas 5 quilômetros, que pode parecer pouco perto das distâncias que os corredores percorrem. Mas estes 5k estão me ensinando coisas que não aprendi nas distâncias maiores que fiz ao longo destes 17 anos como corredora amadora. E sei que vou aprender muito ainda neste ciclo de treinamento.



Quero deixar um parabéns especial para a Eloia, corredora do Clube Esperia, que ficou na terceira colocação.


Parabéns a todos que participaram! 

E em breve eu e o Marcelo estaremos juntos novamente nas pistas, dia 25 de junho, mais um 5k a frente!

Até a próxima!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Mais uma de 5k: Track Field Villa Lobos

Domingo, dia 21 de maio, o Marcelo e eu participamos da segunda etapa do Shopping Villa Lobos da Track Field Run Series.




Esta foi a primeira prova alvo do ano, e o objetivo é a melhora no tempo pessoal na distância de 5 quilômetros.

Quando olho para trás e relembro um pouco sobre as minhas marcas pessoais, percebo que tenho muito trabalho a realizar para retomá -las.

Minha melhor marca nesta distância foi obtida em 2013. Marquei 19:07.

Nesta corrida no último domingo fiz a minha segunda melhor marca de 2017.

De acordo com os treinos de ritmo que realizei, estimei completar entre 21:00 a 21:40. E foi realmente o que ocorreu.

Vamos a prova 😊

A largada foi dada pontualmente as 7h. Eu e o Marcelo fizemos um aquecimento de aproximadamente 20 minutos de trote.

Nos posicionamos bem na largada. Sendo que a diferença do tempo líquido e bruto foram apenas 3 segundos.

Nos dois quilômetros iniciais mantive um ritmo mais forte para sair do meio da multidão que forma em toda largada. Após isso procurei me manter no ritmo próximo de minha realidade atual.

O percurso da prova é plano, porém com alguns cotovelos que contribuem para uma queda no ritmo. Desta forma eu compensava esta perda nas retas.




E assim consegui ganhar algumas colocações e me inseri na quinta a partir do terceiro quilômetro.




Fiz o meu melhor e passei a linha de chegada nesta mesma colocação, com 21:33  (bruto), 21:30  (líquido).




Mas sabe qual foi o melhor momento desta prova? Foi ver após a linha de chegada o Marcelo (que já havia chegado ) vibrando com a minha conquista. Também fiquei muito feliz em ver a minha irmã Cris por lá.  Obrigada sempre por toda torcida. Vocês são demais!




Parabéns especial ao Marcelo pelo recorde pessoal (19:43 😱). E a todas meninas que completaram o pódio dos 5k. Correm muito!




Agora é utilizar esta prova como referência, fazer os ajustes necessários nos treinos, e ir em busca da próxima meta que será no dia 25 de junho.

Obrigada por sua leitura e visita.

Até a próxima!