quinta-feira, 27 de abril de 2017

Aprendendo com as competições: Track Field JK Iguatemi

Segunda prova de 5k deste ano: Track Field JK Iguatemi.

O objetivo era verificar o efeito do segundo ciclo de treinos após a primeira prova alvo em março.

Estava muito mais ansiosa para esta prova do que para a primeira. Acredito que pelo fato de ter feito um excelente tempo pessoal na prova em março, a cobrança pessoal era de ficar próxima da marca obtida.

Tivemos (eu e o Marcelo), um intervalo de 7 semanas entre as duas provas, um tempo mais que suficiente para fazer um ciclo de treinamento com foco na velocidade, utilizando intervalados intensivos, extensivos, treinos de ritmo e rodagens como complemento de volume semanal.


Porém a minha ansiedade (não somente no dia da prova, mas também nas sessões de treinos de velocidade) atrapalhou que eu corresse solta.
Acredito e tenho experiência pessoal, além de relatos de alunos e amigos, que a parte psicológica é capaz de atrapalhar o rendimento se não controlada.

Isso na maior parte das vezes é deixado em segundo plano, mas dependendo do perfil do atleta, é necessário dar mais importância, e no meu caso, eu sou este tipo de atleta.

O dia, o clima, estava tudo propício a realizar boas marcar pessoais, porém no aquecimento e principalmente minutos antes da largada, estava muito, mais muito ansiosa. E conversando com o Marcelo já percebi que seria uma prova difícil, uma competição com os meus pensamentos.

A largada foi dada pontualmente as 7h, comecei a correr do jeito que sempre faço, vou ganhando velocidade durante o primeiro quilômetro, pois não sou de largar forte. Porém os meus pensamentos me atrapalharam, fiquei correndo na minha "zona de conforto", porém não desisti. Visualizava o Marcelo bem a minha frente e tentava alcança-lo. Fiz uma prova progressiva, e terminei sentindo que sobrou energia. Em provas curtas não temos muito tempo para pensar, pois elas acabam muito rápido. Quando eu me senti dentro da prova realmente, ela estava em sua metade e desta forma consegui ultrapassar algumas meninas, (e meninos também rsrs), e fiquei na 5ª colocação. Tempo final: 22:27.



Não fiquei satisfeita com este resultado, porém fiquei feliz de ter aprendido muito com esta competição. Aprendi que eu posso mais sim, só preciso controlar os meus pensamentos e acreditar, e principalmente não ter medo.




Deixo um parabéns especial ao Marcelo, que cumpriu a prova dentro do objetivo, e sempre está ao meu lado dando conselhos, ouvindo e apoiando.





Também para a corredora Cristiane, que ficou em segundo lugar, e conversou muito comigo no pós prova dando conselhos. Obrigada Cris!
E um super parabéns as alunas que correram juntas: Alessandra, Mariana e Fernanda!



Agora é seguir em frente, pois competições passam e sempre deixam lições para as próximas. É só abrir a mente para elas. Em maio tem mais, e eu tenho que estar mais forte psicologicamente!




Obrigada por sua visita! Nos vemos por aí! Bons treinos!