terça-feira, 29 de outubro de 2013

10ª Corrida Shopping Aricanduva

Uma semana após a corrida M5K Mulheres em Movimento Corpore, a qual consegui realizar uma grande prova e ficar na 2ª colocação geral, estive presente em mais um grande evento organizado pela Corpore: 10ª Corrida Shopping Aricanduva.

Participei duas vezes nesta prova, no ano de 2008 e também em 2011, sendo neste a minha melhor marca na distância de 9K: 36 minutos.
Corrida Shopping Aricanduva 2011
Hoje o meu objetivo era de melhorar esta marca, pois a minha condição atual de treinamento possibilita isso.

A largada geral foi dada as 7:30h, e estavam presentes fortes competidores devido a premiação em dinheiro oferecida. Larguei em um ritmo consciente para conseguir atingir o meu objetivo.

Até o sexto quilômetro estava dentro do proposto, mas infelizmente comecei a sentir um desconforto na região abdominal e sintomas similares a uma congestão. Faltavam apenas 2 quilômetros para terminar a prova, e nunca havia sentido isso. Diminui o ritmo, andei bastante e assim fui até cruzar o pórtico de chegada. Parei na área médica, informei tudo que senti e fui atendida. Graças a Deus tomei a decisão correta de diminuir o ritmo e caminhar, pois isso pode ser muito perigoso. Quando estamos correndo, todo o fluxo sanguíneo é desviado aos músculos ativos e assim é diminuído e as vezes até cessado na parte digestória.
Fui muito bem atendida após concluir a prova e gostaria de parabenizar a Corpore Brasil pelo excelente atendimento da área médica e a todos profissionais envolvidos.


Foto: WebRun 
O que tiro de tudo isso? Experiência, aprendizado e grandes lições para levar para as próximas provas. Pois tenho plena consciência de que sou uma corredora amadora e divido a minha rotina diária de trabalho e muitas outras obrigações com meus treinos. Me dedico a eles diariamente com muito amor e vibro com cada melhora e conquista diária. Isso desde o início, quando tinha 19 anos e comecei a correr. Quando chego em uma prova, quero fazer o meu melhor e graças a Deus, na maioria delas atingi o meu objetivo. Mas as provas que não vou bem, por algum fator, marcam muito, mesmo que eu tente não pensar. Acho que isso reflete o quanto a corrida é importante em minha vida e que me ajuda a ter forças para tudo. O mais importante em tudo isso é que não desisto, e tiro destas experiências muitos ensinamentos e lições para continuar sempre.

Parabéns a todos participantes. Agora é pensar para frente em rumo aos próximos desafios.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

M5K Mulheres em Movimento 2013


Dia 20 de outubro, pelo terceiro ano consecutivo, foi realizada em São Paulo, assim como no Rio de Janeiro, Brasília e Curitiba, a prova feminina M5K Mulheres em Movimento organizada pela Corpore e patrocinadores. A corrida é celebrada em um total de 15 países e 19 cidades, e a cada ano conquista mais participantes.

Foto: Corpore
O evento oferece a distância de 5Km no Centro Histórico de São Paulo, passando por diversos pontos como o Viaduto do Chá, Mosteiro de São Bento, Teatro Municipal e Pátio do Colégio. Este ano contou com aproximadamente 5.000 concluintes de diversas faixas etárias.

É o segundo ano que participo desta prova. Em 2012, tive o grande prazer de estar presente, o que diferiu foi que no ano passado as inscrições eram gratuitas e este ano foi cobrada uma taxa de R$ 45,00 a cada participante. Depois da minha última competição, no dia 1º de setembro, na 2ª Disney Magic Run, esta foi a primeira prova após este período.



A largada foi dada as 7:30h, e assim todas mulheres largaram em busca de concluir mais um desafio. 
No pelotão da frente, várias competidoras largaram em um ritmo bem forte, mas procurei administrar o meu ritmo e respeitar todo o meu planejamento para que conclui-se a prova com um bom resultado e colocação. 


Foto: Irma Carlos
Não devemos deixar toda a emoção do tiro de largada tomar conta. É preciso controlar este ritmo inicial para que possa suportar o esforço que uma prova desta distância impõe, pois todos os treinos que fazemos dentro de um planejamento correto nos mostram fielmente o estado atual que nos encontramos. E em uma prova, que está incluída neste planejamento, o resultado será compatível ao que treinou. Esta corrida refletiu fielmente o meu estado atual de treinamento, pois mesmo sendo uma prova curta e rápida, respeitei as etapas. Não larguei muito forte, mantendo o mesmo ritmo durante quase toda a prova e aumentando no quilômetro final. Foi uma das minhas melhores provas do ano, em termos de tempo de conclusão e também de preparação. 


Foto: Antonio Colucci
Conclui com 19:06, na segunda colocação, subindo um degrau em relação ao ano passado, na qual fiquei na terceira colocação. 
Na primeira colocação ficou Irma Carlos com 18:33 e na terceira Walkiria Milaine com 19:21.


Foto: Antonio Colucci


Foto: Irma Carlos

Esta competição entrou no planejamento como um excelente treino e motivação para a minha próxima competição na próxima semana: 9K Aricanduva da Corpore.


Foto: Irma Carlos
Parabéns a todas participantes e principalmente a minha irmã Cris que também participou pela segunda vez do evento e melhorou muito o seu tempo de conclusão, em mais de 6 minutos.


Foto: Antonio Colucci

Graças a Deus mais uma grande prova em que pude dar o meu melhor e sempre dentro das minhas possibilidades. Obrigada ao técnico Marcos Feitosa por todo auxílio e planejamento dos treinos, mesmo frente a algumas dificuldades continuamos no caminho certo.

Parabéns novamente a todas corredoras! Cada uma de vocês atingiu o objetivo e são vitoriosas!

Bons treinos a todos e até a próxima!

Link Veja como foi Corpore: http://www.corpore.org.br/noticia-2013m5ksp-veja-como-foi-5060.asp



quinta-feira, 17 de outubro de 2013

A competição seria a parte mais importante?


Comecei praticar a corrida de rua há 12 anos (quase 13). Um período em que não havia tantas provas quanto existem atualmente, pois com a popularização das corridas de rua houve na última década um aumento significativo do número de praticantes em todo o mundo, assim como no Brasil.

No início dos meus "primeiros passos" na corrida, meu objetivo era sempre de conseguir correr um pouco mais a cada dia. A cada "treino" tentava ir um pouco mais longe e mais distante do que havia chegado antes.  Meu organismo se acostumava com aquele esforço que cada vez parecia mais fácil de suportar. Não me imaginava competindo nas provas, mas sim querendo correr a cada dia mais.

Minha primeira participação foi na tradicional corrida São Silvestre realizada na cidade de São Paulo no último dia do ano. Tinha um receio de não conseguir completa-la. Mas o grande incentivador da minha entrada para o "mundo da corrida", meu irmão Ale, prometeu correr comigo o percurso oficial uma semana antes da competição. Lembro-me exatamente deste dia e do quanto eu me sentia feliz a cada quilômetro conquistado. Confesso que este nosso treino foi mais marcante do que a própria prova em si, pois dividi cada emoção com meu irmão, sem toda pressão que uma competição nos impõe.

Em todos estes anos participei de muitas competições (preciso qualquer dia parar para contar quantas). A cada ano que se passava o número de provas aumentava oferecendo uma grande variedade.
Participei de provas com distâncias que variaram de 5k a maratona. A cada prova minhas marcas pessoais melhoravam e dessa forma a motivação por continuar crescia juntamente.


Mas o significado do correr é tão importante em minha vida que resumi-lo apenas em competições seria algo inaceitável. Cada treino e a superação deles também possui um sentido enorme.

Para nós, corredores amadores, o objetivo dos treinamentos não deve se resumir apenas na competição, pois os passos até ela são extremamente gratificantes. Mesmo que somente você seja testemunha do que fez em um treino, ele precisa também ter um gosto da vitória. A competição será apenas um registro oficial de todo trabalho que vem sendo realizado, como se estivéssemos sendo avaliados.

Há tantos fatores envolvidos no treinamento que o tornam extremamente complexo. Na competição todos fatores também estão presentes, acrescido de outros que podem influenciar e muito no rendimento e resultado final, positivamente ou negativamente. Por isso a importância de um planejamento correto e direcionado ao objetivo da pessoa.

Valorize sempre cada dia de treino e perceba toda sua evolução. Preste atenção nas sensações e reações de seu corpo e se esta respeitando a recuperação dele. Sinta-se motivado a treinar em todas as sessões, pois cada uma delas é parte de um planejamento, assim como cada peça de um quebra-cabeça. Se você mudar a posição ou até mesmo o tamanho de alguma delas, não irão se encaixar mais, comprometendo o produto final: o seu objetivo!

Bons treinos!