quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Será que é a hora certa de correr uma maratona?


Quando você iniciou a prática da corrida “pulou” etapas importantes? Aumentou distâncias rapidamente, correu provas sucessivas, não descansou o suficiente, correu mesmo sentindo dor?
A maior parte dos corredores já fizeram algumas das menções acima. Para alguns (minoria) pode não acontecer nada, e eles continuarem correndo. Mas para a maioria podem ocorrer consequências que interrompem os treinos.
No treinamento planejado para a corrida há a necessidade de nos adaptarmos aos estímulos juntamente com todas variáveis existentes como controle do treinamento.
Pesquisadores publicam diariamente estudos que investigam as causas mais frequentes de lesões relacionadas ao treinamento. E uma das causas maiores é o aumento brusco das variáveis volume e intensidade, aliado a pouco tempo de recuperação.
Precisamos de tempo para aumentar a quilometragem a ser percorrida. São necessárias experiências anteriores com as distâncias menores a ela.
É muito mais interessante desafiar-se bastante nos 10k, 15k, na meia maratona, muitas vezes, antes de partir para a estreia em uma maratona.
Primeiramente siga um planejamento orientado e aventure-se nas distâncias menores, para assim estar certo de que é a hora certa.
E lembre-se, você não é obrigado a participar de uma maratona para se tornar um corredor. A corrida é muito mais do que isso, ela te traz benefícios diários se a fizer com cautela, dedicação e segurança!
Corra, adquira experiências, vivências, aprendizados e divirta-se muito com seus treinos!
*Texto publicado no site Go Running em 26 de julho de 2016.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

O tempo não pode ser prioridade, é apenas uma referência: City Marathon Asics 2016



Sempre procurei encontrar uma explicação do quanto a corrida é importante em minha vida. Mas ontem percebi que não será possível resumir em apenas um significado, mas sim em diversos.

Nestes 16 anos de corrida, já passei por diversas fases. Fases de aprendizado, de aperfeiçoamento, de conquistas, de recuperação, de pausas e também de amadurecimento.

Já conquistei marcas pessoais que considero difíceis para uma corredora amadora. Muitos ficam anos tentando. As nomeadas e muito conhecidas como sub 40 minutos nos 10k, sub 1h30 na meia maratona, sub 1h nos 15k. Sim, eu consegui todas elas. Faltou apenas o sub 3h na maratona rsrs.

Elas foram e são importantes para mim. Afinal eu treinava buscando isso.

Não deixei de ser competitiva, mas estou em um período que o tempo, é algo que não está com a maior importância. Uma perda recente que tive em minha vida me faz refletir sobre isso sempre.

Será que devemos resumir algo que é tão importante em nossa vida apenas no tempo? E as outras qualidades, os outros benefícios, são menos importantes. Eu penso que não.

O mundo da corrida é muito mais do que isso. E o que mais quero é descobrir a cada dia o quanto existem diversas explicações, que juntas tornam o amor por este esporte ainda mais forte.

Quero dedicar esta postagem aos alunos da minha assessoria e a todos que no último domingo participaram da City Marathon/ Asics/Iguana Sports, na maratona e na meia maratona, conquistando os seus objetivos.

Parabéns corredores! São mais do que vencedores, vocês compartilharam com milhares a mesma rua, cada qual com uma meta, mas sempre em frente!