quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Alguns pensamentos: Educação Física

Desde o ano de 2009 quando iniciei minha graduação em Educação Física posso afirmar que a minha visão da área modificou bastante.

Foi a corrida de rua que influenciou na minha decisão de ser uma professora de Educação Física, um esporte visto pelo senso comum como uma prática extremamente simples, mas que na realidade envolve e necessita um conhecimento cientifico e estudos constantes.

Depois de 4 anos estudando as disciplinas oferecidas na graduação, me formando, sinto que a cada dia preciso estudar muito mais. Alunos levantam dúvidas frequentemente, e a grande maioria vem com conceitos obtidos na mídia, que infelizmente transmite diversas informações controversas e errôneas. E essas informações são constantemente repetidas e isso acaba dando a impressão que é uma verdade e ponto final.

Por essa razão continuo sempre em busca de mais conhecimento e estudo, e através da pós graduação a qual estou cursando atualmente visualizo o quanto certos conceitos se modificam em tão pouco tempo.

Os professores possuem muitas dúvidas e questionamentos assim como nossos alunos que não fazem parte da área. E estão no caminho certo de expor e quebrar certos paradigmas que imperam em muitos assuntos.

Fico feliz em ver que muitas pessoas valorizam o professor de Educação Física. Diariamente no trabalho percebo o quanto muitos alunos depositam total confiança em nós e querem ir em busca de seus objetivos, seja o alcance de uma melhor qualidade de vida, um auxílio no tratamento de alguma patologia, uma melhora de rendimento em uma determinada modalidade esportiva, estética, ou apenas a melhora da auto estima, e isso está mais que comprovado o quanto o exercício físico auxilia.

Ouvir de um aluno que ele recebeu um elogio do médico depois do resultado de um exame, e visualizar o seu semblante com um sorriso iluminado. Essa profissão pode proporcionar isso!

A corrida é a minha aliada a entender o funcionamento e complexidade do corpo humano. Quando estudo sobre algum determinado assunto, começo a pensar sobre ele através da corrida. E muitas vezes essa visualização é facilitada, pois é o momento em que consigo unir a teoria e a prática, dois componentes que estão separados por seus conceitos, mas que devem andar juntos sempre!

Parabéns a todos Professores de Educação Física que encaram a profissão seriamente, e estão sempre em busca de oferecer um melhor atendimento e informações corretas a seus respectivos alunos, pois eles não são números, são o reflexo de seu trabalho e dedicação, seja em qual setor que atuar.



sábado, 25 de janeiro de 2014

Mudanças e adaptações



Por aproximadamente 13 anos a corrida faz parte da minha rotina. Comecei sozinha, correndo pelas ruas do bairro ondo moro, estreei na corrida mais clássica que ocorre no último dia do ano em São Paulo, e fui evoluindo minhas marcas pessoais nas distâncias.

Fiz parte de uma grande assessoria de corrida, e através dos profissionais de lá aprendi muito. Também tive a oportunidade de participar de um projeto que apoiou atletas amadores de 5 modalidades durante um ano inteiro, no qual profissionais de diversas áreas contribuíram com orientação, conhecimento e apoio material.

Após o término deste projeto tive o privilégio de ser orientada por um grande profissional da universidade a qual fiz a minha graduação em Educação Física. Neste período consegui realizar minhas melhores marcas dos 5k a meia maratona.

Por aproximadamente um ano tive a oportunidade de frequentar uma pista de atletismo sob a orientação de dois técnicos e pude realizar treinos similares de corredores profissionais.
Mas devido a não ser uma pessoa que "vive" e se sustenta através do esporte, tenho horários e trabalho a cumprir em casa e fora dela juntamente com a rotina de treinamento. E isso fez com que eu tivesse que deixar este local privilegiado e grandes amigos que fiz por lá.

Temos que estar sempre prontos para as mudanças, elas podem parecer duras em uma primeira impressão, mas temos o talento humano de nos adaptar facilmente e assimilá-las.

Estou muito confiante nesta próxima mudança e tenho certeza que ela me ajudará a trilhar no caminho constante da buscar o meu melhor e de continuar com o esporte que é a minha vida.
Não estou sozinha nesta nova mudança. Em breve dividirei com vocês leitores tudo que irei vivenciar.

Bons treinos e adaptações positivas a todos!

domingo, 5 de janeiro de 2014

Primeiro longo do ano

Mais um ano que se inicia e junto a retomada aos treinos após duas semanas de transição.

Neste período realizei apenas 3 treinos contínuos de intensidade leve, além também de pedalar um pouco. Hoje foi o primeiro longo do ano e resolvi fazer um percurso diferente do trivial, para correr e ao mesmo tempo colocar os pensamentos em dia.

Mapa do treino
 
Fiz um percurso de altimetria variada em um ritmo que transitou de leve a moderado, controlado pelo pace de cada quilômetro juntamente com a sensação subjetiva de esforço. Iniciei o percurso no local onde realizo alguns de meus treinos semanais, e segui em direção ao Parque Vila Lobos. Retornando por outro caminho diferente da ida e finalizando no bairro onde moro, totalizando 19Km.
 
 
Gráficos de altimetria e velocidade
 
Agora na próxima semana os treinos intervalados serão retomados, assim como o início da base e planejamento das metas do primeiro semestre. Nas próximas postagens compartilharei com vocês da minha percepção perante a eles.
 
A todos leitores um excelente início de ano! Bons treinos!



quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Retrospectiva 2013