segunda-feira, 25 de abril de 2016

Qual é o seu ritmo?

O ritmo na corrida indica a velocidade em minutos por quilômetro (min/km).
Quando você visualiza em sua planilha o ritmo, significa que cada quilômetro você percorrerá naquele tempo. Exemplo: um treino contínuo de 10 km, com ritmo de 5 min/km, terá um tempo total de 50 minutos.
Mesmo se a distância não atingir 1km, podemos determinar o seu tempo através do ritmo. Exemplo: 5 x 800 metros com o ritmo de 4:30 min/km. Cada volta de 800 metros terá o tempo de 3:26 min/km.
Cada método de treino na corrida possui um ritmo diferente. Treinos de menor volume, o ritmo será mais rápido, e treinos de maior volume, o ritmo será mais lento. Com a evolução nos treinos você melhora este ritmo, e assim ele deve ser ajustado constantemente. Os treinos intervalados são os que promovem melhores resultados neste aspecto.
O treinamento indicará o melhor ritmo para uma determinada prova que pretende participar. Por isso é tão importante respeitá-lo desde o início. Também há estratégias de ritmo para as competições, mas isso ficará para um outro texto.
Bons treinos em busca de seu melhor ritmo!

Texto publicado originalmente no site Go Running: 

terça-feira, 5 de abril de 2016

A largada é o seu objetivo!

Começar a correr. É uma tarefa "fácil"?

Sim, apenas realizar continuamente um movimento natural e humano.

Correr é simples sim, e ao mesmo tempo complexo. Mas se tivermos um plano a seguir, tudo fica mais claro.

E para planejar é necessário definir o seu objetivo.

Geralmente a pessoa inicia sem pretensão, apenas com o desejo de correr. Mas é importante definir uma meta, em algo para focar e ver sua evolução. E para que isso aconteça é necessário um planejamento, uma organização das sessões de treino, e monitorar o equilíbrio entre o estímulo e a recuperação. Assim o objetivo se torna o guia deste caminho.


O corredor pode ter mais que um objetivo, mas é necessário definir uma ordem consistente e segura, para que um não atrapalhe o caminho do outro.
E é você que escolhe, como por exemplo, conseguir correr uma determinada distância; ou então correr mais rápido; ou então participar de uma prova; ou apenas começar a correr... O importante é saber qual é, e assim ter a sua corrida guiada.

E você, já definiu o seu? Lembre-se: nunca é tarde demais para isso, nunca é tarde demais para correr!

Bons treinos e foco em seu objetivo!

Texto publicado originalmente no site Go Running: