sábado, 30 de maio de 2015

Prevenção de Lesões na Corrida de longa distância - COB



sexta-feira, 29 de maio de 2015

Princípio das diferenças individuais

O desempenho em uma modalidade esportiva tem como alicerce os princípios gerais do treinamento.

O principio da individualidade é o ponto de partida para definir os outros princípios. Ele que define a sobrecarga a ser aplicada, a especificidade da atividade, a adaptação a ela, a continuidade com o plano de treinamento, o balanço entre volume-intensidade e a variação dos estímulos.

A importância deste princípio é grande, e ao mesmo tempo a causa de muitos paradigmas e discussões existentes na área da Educação Física.

A ciência nos mostra o que um estímulo provoca no organismo humano. As adaptações que o desequilíbrio impõe, os ganhos e possíveis perdas com a interrupção do processo.

Isso é similar nos humanos. Similar, mas não igual. Precisamos nos embasar nos saberes científicos e direcioná-los adequadamente para cada pessoa.

Se duas pessoas seguirem uma mesma rotina, com os mesmo exercícios, intensidade, duração e frequência semanal, o efeito será diferente em cada uma delas. O sexo, a idade, experiência adquiridas previamente, técnica e economia na execução influenciarão nos resultados deste plano.

Por isso que o programa de treinamento precisa atender as necessidades e capacidades individuais. Precisa abranger o tempo necessário para cada ciclo, para o período de recuperação, e avaliar os ganhos obtidos.

O princípio da individualidade, precisa fazer parte do dia a dia de um treinador, técnico e professor. Ele que dará sentido a sua prática. Os profissionais têm que reconhecer como os atletas e alunos respondem a um determinado estímulo de exercício e ajustar a sua prescrição com base na resposta e resultado obtidos.

Por isso que não há sentido em seguir prescrições prontas, elas não levam em conta o seu histórico e não responderão ao seu objetivo.

Respeitar o princípio da individualidade, assim como os outros princípios do treinamento é fundamental na prescrição de exercícios em todas modalidades esportivas.


sábado, 23 de maio de 2015

Conseguimos!

Conheci os desafios dos 42,195m em 2006, o ano que debutei na distância. Foi na cidade de São Paulo. Na época a largada da corrida era por volta das 9h15. Conclui a prova em um pouco mais de 4h. A partir deste momento me apaixonei ainda mais pela corrida.

Em 2007 estava lá novamente, e nesta segunda participação, "sofri" mais em relação a primeira. Cometi um erro no ritmo inicial, que comprometeu a minha prova a partir da segunda metade. Consegui concluir, mas com um tempo maior do que o ano anterior.

Em 2008 resolvi não participar. Mas em 2009 voltei para ela com uma melhor organização dos treinos e mais preparada. Consegui concluir com meu recorde pessoal na distância e com muita vontade de retornar no ano seguinte.

No ano de 2010 foi a minha última participação, mantive o mesmo tempo de conclusão que o ano anterior.

Continuei a treinar para as outras distâncias, participei nestes últimos 4 anos e meio em provas de 4k à meia maratona. Sou literalmente apaixonada pelos desafios que cada uma dela impõe, mas com uma amor maior para as meias e também a maratona.

O ano de 2015 foi muito especial para mim. Primeiramente porque me tornei uma melhor corredora, não em termos de performance, mas sim no fator amadurecimento.

Parece que a cada ano aprendemos alguma coisa com a experiência adquirida nos treinos, provas e na vida pessoal. Tudo que passamos nos deixa alguma lição. E este ano percebi que estava preparada para voltar a participar de uma maratona.

Não almejei metas distantes, mas sim realistas. Aumentei o volume de treinos de uma forma lenta e fui me adaptando adequadamente sem riscos de se machucar. Curti cada sessão de treino e seus desafios. Não senti medo e ansiedade em nenhum momento. Apenas aproveitava e comemorava cada dia de treino.

O dia da prova foi aproximando. E eu me sentia muito bem.

Momentos antes da prova

E finalmente chegou o grande dia. Repeti na corrida a mesma estratégia dos treinos. Tinha um ritmo em mente e fui lá para fazê-lo.

Gráfico do ritmo que mantive durante todo o percurso da Maratona de São Paulo, percebo que teve uma grande relação com os meus treinos. Fiz os 3 longos maiores de 30k em um ritmo médio um pouco abaixo de 5 minutos por quilômetro, ou seja, sempre próximo da velocidade de 12km/h. Estes longos, aliados com os outros métodos de treino durante a preparação, me ajudaram a manter um ritmo mais rápido na prova, sempre próximo a 12,7km/h. O legal de observar este gráfico é ver que mantive um ritmo médio constante, com pequenas oscilações decorrentes do percurso. 

Os quilômetros iam passando. Muitos amigos presentes nas distâncias oferecidas no evento. Inclusive os alunos que seguiram a minha orientação para a prova.





Fiquei muito feliz com cada grito de torcida, cada sinal com a mão e cada sorriso recebido. Agradeço de coração todo apoio de vocês.

Foto: Vivian de Oliveira

Apoio da equipe AB
Por isso retribui da mesma forma que sempre faço, sorrindo sempre em todas as partes do percurso, inclusive nos quilômetros e metros finais.

Foto: Kátia Hiromi

Conclui a melhor maratona da minha vida, em relação ao tempo de conclusão e principalmente ao meu estado de espírito.

Foto: Luiz Carlos da Costa

Foto: Marcelo Jacob
Estou novamente preparada para ela, e também preparada para todos os desafios da vida!

Foto: Wagner de Moraes

Parabéns a todos corredores, vocês são grandes vencedores na corrida e também na vida!






Resultado:
Tempo de conclusão: 3h21'33" (recorde pessoal)
14ª colocada geral feminina

Resultados oficiais no site do evento: 


segunda-feira, 18 de maio de 2015

Maratona de São Paulo 2015 - em breve meu relato

Maratona de São Paulo 2015

Mais uma maratona em minha vida! 
Foi muito bom ouvir a torcida de muitos amigos durante o percurso! 
Obrigada a todos que estiveram comigo neste dia!

Em breve postagem sobre a prova!

Metros finais da maratona
Foto: Luiz Carlos da Costa - equipe Adriano Bastos

quarta-feira, 13 de maio de 2015

GRAACC 2015

Foto: GRAACC Oficial

Dia 10 de maio ocorreu em São Paulo a 15ª edição da Corrida GRAACC - Combatendo e vencendo o câncer infantil.

Mais de 10 mil pessoas estiveram presentes na caminhada e na corrida para contribuir com esta causa.

Tenho um grande carinho com esta prova. Ela promove uma esfera diferente de todos os outros eventos. Acredito que seja pela presença das crianças que lutaram ou ainda estão lutando contra o câncer, e por envolver pessoas de diversos lugares.

Foto: GRAACC oficial

Foto: GRAACC Oficial


Participei pela primeira vez  no ano de 2004. Esta prova ficou bastante marcada para mim, pois recebi a medalha das mãos de uma criança. E esse momento ficou registrado em minha memória.

Foto: Marcelo Jacob

E este ano, assim como os outros, também ficou marcado.
As 7h foi dada a largada para a energia positiva, para a arrecadação, para o combate a esta doença que está presente na vida de muitas pessoas.

Foto: GRAACC Oficial

Foram 3 e 10 quilômetros de muita reflexão e torcida para que esta ajuda perdure por muitos e muitos anos, para que crianças de todo o Brasil possam se beneficiar do tratamento em um local adequado com grandes profissionais.

Foto: Vicent Sobrinho
Foto: Vicent Sobrinho

Foto: Vicent Sobrinho


Parabenizo a todos envolvidos! Em especial ao ultramaratonista Carlos Dias, que corre sempre em prol desta campanha!

Foto: Marcelo Jacob

Foto: GRAACC Oficial

Foto: Marcelo Jacob

Foto: Marcelo Jacob

Que este evento influencie e promova inspiração ao surgimento de lindas campanhas como esta.

Cobertura e resultados em GRAACC e Corpore Brasil

Parabéns a todos!

segunda-feira, 11 de maio de 2015

15ª GRAACC - Combatendo e Vencendo o câncer infantil

Parabéns a todos envolvidos nesta linda corrida!

Em breve postagem sobre o evento :)


segunda-feira, 4 de maio de 2015

Meia Maratona Ecológica de Revezamento


Esta corrida apareceu assim como uma surpresa. Um convite muito bem vindo de uma pessoa que admiro muito, que vive o "mundo da corrida" e utiliza este esporte da melhor forma sempre.

Esta pessoa é conhecida por todos. É uma missão impossível encontrar alguém que corre e que não conhece ele.

Adivinhou quem é?

Esta pessoa é o Colucci! Tive o privilégio de correr em sua equipe Blog E Run , juntamente com Vicent Sobrinho e Clovis Bento.

Equipe: Blog E Run - Vicent e os sobrinhos e a sobrinha rsrs
Foto: Marcelo Jacob

O local da prova foi o Parque Ecológico Tietê localizado no quilômetro 17 da Rodovia Ayrton Senna.

Pórtico de largada
Foto: Marcelo Jacob

Não conhecia este lugar. Adorei correr por lá. A corrida foi inteira em pista de terra batida.


O evento ofereceu as modalidades Solo, Dupla e quartetos, mistos, femininos ou masculinos.

Participei no quarteto misto. O Colucci abriu o revezamento, seguido por Clovis, Vicente e depois eu, que finalizei a prova. Cada integrante correu a volta de 5.300m aproximadamente.

Transição com o Vicent
Foto: Marcelo Jacob

Mantive minha rotina de treinos normalmente, inclusive o longo do sábado de 34k. E no domingo, me senti muito bem e consegui manter um ritmo bom, e terminei com a média de 4' por km.

Ficamos na sexta colocação. Completamos a meia maratona em 1h25'44". Os resultados oficiais estão disponíveis no site: http://cronoserv.com.br/resultados/

Chegada!
Foto: Clovis Bento

Correr junto com eles foi muito bom e poder conversar sobre corridas, compartilhar experiências, melhor ainda!
Acho que nunca vou me cansar de falar sobre corrida.

Parabéns a todos e obrigada pelo convite Colucci!