quarta-feira, 19 de março de 2014

O amor por minha profissão

Me tornar uma professora de Educação Física foi um sonho que consegui realizar. O meu amor por esta área tão ampla e que ao mesmo tempo é tão específica se despertou juntamente com o meu amor pela corrida.

Sempre via o quanto o esporte é capaz de mudar e influenciar a vida das pessoas, e isso me fascinava, como ainda me fascina.

Meus pensamentos eram envoltos de dúvidas do funcionamento do corpo humano perante ao exercício, que fez com que eu mudasse totalmente o rumo da minha vida no sentido desta área.

Os 4 anos da graduação passaram muito rápido, assim como os 13 anos de corrida. Tive o privilégio de ter grandes aulas com excelentes profissionais os quais me espelho e tenho como exemplo. Pessoas que passavam aos alunos da mais simples e didática forma o grande conhecimento que possuem.

Parti em busca de mais conhecimento em uma pós-graduação a qual estou cursando atualmente. Nela busco mais detalhes dos assuntos que aprendi nas aulas de Fisiologia do Exercício a qual estou me especializando.

Também sou muito grata aos profissionais do mercado de trabalho o qual atuo, que também foram grandes influenciadores. Busco sempre mais conhecimento para poder trazer a eles também.

A minha família é a grande base que me ajudou chegar aonde consegui até hoje. Quando decidi me dedicar a esta área, minha mãe foi a minha grande incentivadora. Lembro até hoje das suas palavras: "Filha, vai em frente! Você vai aprender muito, vai aprender a se cuidar mais também e a ajudar outras pessoas a se cuidarem! Estou com você!"

Tenho uma enorme gratidão pela minha mãe, meu pai e meus irmãos que me apoiaram sempre. Não tenho palavras para dizer o quanto sou grata a eles.

Quero deixar aqui também neste texto uma mensagem aos profissionais desta área, que continuem sempre a se dedicar com muito amor, seja em qual setor atuar. Sabemos que enfrentamos diversos problemas, barreiras, que muitas vezes nos impedem de fazer o melhor. Mas a cada dia que conseguirmos plantar uma semente, bem pequena, ela irá influenciar em algum momento.

Obrigada a todos, família, amigos, professores, que me influenciam diariamente a me tornar uma melhor profissional.
E a corrida neste caminho continuará sempre, assim como o amor por minha profissão.

Termino este texto com as palavras de um profissional que tenho enorme admiração, e que mesmo de longe, me fornece muita força, Professor Gerson Leite.

"Um imenso obrigado a minha família... por tudo que me oportunizaram até hoje"

E vamos seguindo sempre e em frente!

Nenhum comentário:

Novas experiências em novos locais de treino

Hoje faz dois meses que o Marcelo e eu mudamos de país. Ainda estamos em processo de adaptação de forma geral. Como moramos em uma cidade pe...