terça-feira, 12 de agosto de 2014

10 de agosto de 2014, dia dos Pais, uma data muito especial.


Premiação geral feminina
Foto: Antonio Colucci

Esta data me traz muitas lembranças relacionadas a meu pai. Uma pessoa especial, que tinha seu jeito e sua forma de demonstrar o amor pela família.

Sua profissão, motorista de caminhão, o afastava de casa. Meus irmãos mais velhos sentiram isso muito mais que eu, pois antes de meu nascimento, meu pai viajou por praticamente todo Brasil e ficava muito tempo fora de casa.

Meu pai não nos deixou faltar nada. Lembro-me das viagens para o interior de São Paulo, na cidade onde ele nasceu. Ele gostava muito de lá, sempre se emocionava.

Quando comecei a correr, meu pai se preocupava comigo. E ele tinha a sua razão, devido a uma fase que passei antecedente a isso. Em uma oportunidade contei ela aqui no blog.

Ele que me levava nas corridas, e junto com a minha mãe, ficavam na linha de chegada me esperando.
O meu maior troféu era vê-los ali, me sentia protegida.

Aproximando da chegada
Sinto saudades desta época. E agora, neste momento, os papéis se inverteram. Ele que precisa da gente, de cuidados, paciência e o principal, muito amor.

Tem dias que sentimos sem rumo, mas juntos recuperamos as forças diariamente para ajudar ele da melhor forma.

E neste dia dos pais eu tinha um objetivo, de conquistar o troféu para ele, mesmo que ele não saiba mais o significado de uma corrida. Consegui o troféu e junto muita emoção e sensação de objetivo cumprido.

Foto: Corpore Brasil

Todas as minhas conquistas são para meu pai, minha família e a todos que torcem por mim.

Obrigada.

5ª colocada geral




2 comentários:

Carol disse...

...você sabe como eu penso né Dani (é...minhas idéias são meio loucas) mas tenho a certeza absoluta que lá no fundo ele ainda sabe o significado da corrida e do troféu conquistado....mas são tantas emoções que se perdem no caminho.....Parabéns por cada conquista....me adiro e me espelho na sua dedicação....

Daniela Barcelos disse...

Obrigada Carol por suas palavras, torcida e apoio sempre.
Bjs

O que 2020 te ensinou com relação a corrida?

2020. Um ano em que muitas coisas mudaram na vida de todos. Um ano em que diariamente vimos o quanto a pandemia levou pessoas, mudou o norma...