sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Meu primeiro review: Nike Zoom Fly :)

Este será o meu primeiro review sobre tênis de corrida 😊

Sempre busquei informações de outras pessoas sobre algum modelo que estava interessada, e agora chegou a vez de dizer a minha opinião que pode ser bastante útil a quem pretende adquirir o modelo do qual vou falar.

O modelo será o Nike Zoom Fly, um calçado inspirado no Vapor Fly do projeto Breaking 2 que teve uma repercussão enorme na mídia, deixando os corredores alvoroçados. Eu fiquei, e você?




Recebi o Zoom Fly para testar no mês de agosto, e fiz questão de utilizar por alguns meses justamente para ter um relato consistente, pois nada adianta utilizar por alguns dias, e dizer que tem uma opinião formada. Eu defendo a utilização por algumas semanas justamente para perceber aspectos que dependem de um tempo maior de uso.

Antes de falar sobre a minha experiência, gostaria de relatar algumas características importantes sobre a constituição deste modelo:

Cabedal: 
Em Flymesh com forração
Cadarço Flywire
Possui 6 furos mais o furo extra
Possui contra-forte de espuma
Símbolo Nike emborrachado

Sola: 
Lunarloon
Placa interna de nylon e carbono
Não flexível


Utilização:
Até a data de hoje utilizei o tênis por 18 semanas em dois dos seis treinos semanais, ou seja, utilizei aproximadamente 36 vezes.
Testei em treinos de rodagem (asfalto, cascalho e pista) e também em treinos de velocidade (asfalto e pista).
Utilizei em asfalto e pista molhada também.
Fiz uma prova de 5k, no asfalto, piso seco.
Utilizei-o com meia e sem meia nos treinos, tanto no asfalto, quanto na pista.








Minha percepção sobre os aspectos:

Peso:
Leve e excelente para treinos e competições também.

Drop:
No início estranhei o drop e também a altura do solado, mas depois de alguns treinos me adaptei. A maciez da sola aliada a dureza da placa interna faz o mesmo adaptar aos diversos pisos, inclusive na pista de borracha.

Conforto:
Confortável tanto com meia, quanto sem meia. O revestimento interno é de um tecido bem macio.

Sola, sensação da placa:
No caminhar e no correr é possível sentir a impulsão da placa. Algumas pessoas não sentiram, mas isso pode estar relacionado com o peso corporal.
Talvez o Vapor Fly 4% que tem a placa totalmente de carbono (fato que deixa o tênis caro, assim como os tênis de basquete que utilizam de tecnologia similar), promove uma maior impulsão devido a força do material, quando comparado com o Zoom Fly.

Fôrma:
Fôrma menor e mais estreita. É recomendável olhar na tabela e comparar o tamanho em centímetros dos calçados que já utiliza, e assim ver o tamanho que  for igual quando for comprar.

Tipos de treinos:
É apropriado para todos os tipos de treinos, desde rodagens, longos e treinos de velocidade. Inclusive competições. Adapta-se ao terreno (asfalto e pista), inclusive molhados, sem escorregar.

Durabilidade:
Apesar de utilizar apenas há 18 semanas, a sola se mantém sem nenhum tipo de gasto, inclusive todos os desenhos do solado estão iguais de quando era novo. Apenas mais sujinho, é claro J







Resumo da minha opinião:
A meu ver este calçado provoca uma sensação diferente de todos os tênis que já utilizei (e olha que foram muitos J). Ele tem um preço muito mais acessível do que o Vapor Fly 4%, que foge da realidade de muitos corredores, que não tem condições de dispor de mais de mil reais em um único calçado.

O único ponto que me incomodou foi a altura do solado, principalmente porque utilizo sempre tênis de perfil mais baixo. Mas depois de algumas sessões me acostumei com a altura e até curti aumentar a minha estatura em alguns milímetros J

Eu recomendo a compra para quem já tem interesse. Principalmente porque o tênis tem um arranjo grande de possibilidades de utilizar, independente do local ou distância que o corredor faz.

Confesso que tenho muita vontade de  correr com o Vapor Fly, justamente para poder comparar os dois e verificar as diferenças nos aspectos que avaliei 😉

Espero que tenha gostado deste meu primeiro review. Em breve farei outros dos modelos de tênis que utilizo.

Obrigada por sua visita e bons treinos!

Nenhum comentário:

O que 2020 te ensinou com relação a corrida?

2020. Um ano em que muitas coisas mudaram na vida de todos. Um ano em que diariamente vimos o quanto a pandemia levou pessoas, mudou o norma...